Quem tem Bolsa Família pode ter cartão de crédito?

O programa Bolsa Família é um programa de assistência social que tem por objetivo gerar condições de sobrevivência básica para pessoas de baixa renda.

Em geral, os valores recebidos pelas famílias beneficiárias é baixo, sendo suficientes apenas para comprar produtos de primeira necessidade como alimentos e itens de higiene pessoal. Existem vários tipos de benefício destinados a garantir a alimentação de crianças, mulheres gravidas ou amamentando, adolescentes e pessoas que estão em extrema pobreza, alguns desses benefícios podem ser acumulados, somando aproximadamente R$ 300,00 por família,  quando atinge seu valor máximo, muitas vezes não é suficiente para garantir todas as despesas da família.

Cartão bolsa família tem função de cartão de crédito?


Há alguns meses começou a surgir o boato que o governo iria ativar a função crédito do cartão bolsa família, no entanto isso não é verdade. O cartão bolsa família é destinado apenas a efetuar o saque do benefício em casas lotéricas e nas agências da Caixa Econômica Federal. Nem mesmo a função débito é ativada e não existe previsão do governo de fornecer a função crédito para quem recebe o benefício.

Mas quem recebe bolsa família  pode ter cartão de crédito?


Mesmo que diretamente no cartão Bolsa família não exista a possibilidade do beneficiário ter um cartão de crédito, isso não significa que quem recebe bolsa família seja proibido de ter um cartão de crédito ou que o benefício será cancelado se a pessoa tiver um cartão de crédito. Afinal, muitas vezes quem recebe bolsa família também tem um pouco de ajuda de familiares ou tenta fazer alguma renda extra para um dia deixar de depender do programa.  Nesses casos pode ser importante para a pessoa ter um cartão de crédito.

O grande problema de quem recebe bolsa família e precisa de um cartão de crédito é que não há como comprovar renda, já que o benefício não é considerado como uma renda fixa, já que tem natureza transitória, só recebido em quanto a pessoa não tem condições de se manter sozinha e cortado quando a pessoa volta ao mercado de trabalho ou consegue outras fontes de renda.

Porém existem cartões que não exigem comprovante de renda, são cartões com limites mais baixos e podem ser usados caso o beneficiário do bolsa família faça alguns trabalhos informais e bicos para levantar um pouco mais de dinheiro.





Quais as opções que quem recebe bolsa família tem para obter um cartão de crédito?

Como dissemos anteriormente, existem cartões que não exigem comprovação de renda, embora todos os cartões de crédito tenham uma renda mínima para liberação de um cartão.

Cartões de loja e supermercados costumam exigir renda mais baixa para serem aprovados. Não é suficiente a renda do bolsa família, mas se somada a alguma outra, como pensão das crianças, venda de doces, faxinas, prestação de serviços,  pode ser suficiente para chegar a renda mínima exigida.

Cartões digitais como o NuBank e o Neon não exigem que se envie comprovante de renda ao solicitar o cartão de crédito, mas pedem que você declare quanto ganha e é bom não mentir na hora de preencher o pedido.

Quem tem conta em bancos estatais como Caixa e Banco do brasil, mesmo que seja uma conta poupança, e recebe através dessa conta alguma renda mensal mesmo que pequena, pode pedir um cartão de crédito vinculado a esta conta, se esta com o nome limpo pois estes bancos costumam fornecer algum crédito para pessoas de baixa renda.

Renda não é a única coisa que conta:

Apesar de renda recebida ser importante, existem coisas que podem pesar tanto quanto essa na hora de conseguir ou não um cartão de crédito.
O histórico de quem faz o pedido por exemplo, se mesmo em dificuldades consegue dar seu jeito de manter as contas do dia a dia, como água e energia, em dia, se possui contas em seu nome e costuma ser um bom pagador, se já teve o nome sujo e até mesmo se nunca teve uma conta em seu nome. Esses dados influenciam em seu Score e são levados em conta quando o banco tem que decidir se vai ou não lhe dar crédito.
Se você está com o nome limpo mas na sua casa nenhuma conta está em seu nome, seria uma boa ideia passar alguma  conta fixa para seu nome e  assim, pagando sempre em dia ou adiantado, conseguir aumentar seu Score e  obter um cartão de crédito mesmo recebendo bolsa família.

Cuidado para não se prejudicar:

Embora ter um cartão de crédito possa ajudar muito quem é beneficiário do bolsa família, existe um grande perigo de não conseguir arcar com as faturas e prestações feitas no cartão de crédito e acabar endividado e com o nome sujo.
Tente ter disciplina e não gastar mais do que aquilo que pode pagar no próximo mês.
 Ainda que precise de algo mais caro, que tenha que ser parcelado e do qual não possa abrir mão, se organize para que nunca seja necessário pagar o mínimo do cartão, pois aí você entra no crédito rotativo e paga juros altíssimos e ainda pode sujar o nome e ficar sem acesso ao crédito.

Neste site temos a descrição de vários cartões de crédito e muitos deles se encaixam no perfil de quem tem baixa renda, digite na caixa de pesquisa a palavra "cartão de crédito" e veja dezenas de tipos de cartão de crédito disponíveis no mercado, com certeza um vai ser adequado para você.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Modelo de contrato de locação

Em quanto tempo posso pegar seguro desemprego novamente

Como Fazer o Cartão Da Centauro