Bolsa Família Empréstimo até R$ 15.000,00

Quem recebe o bolsa família e precisa de um empréstimo de até R$ 15.000,00, o governo liberou um crédito para participantes do programa social. O governo criou com este empréstimo para o bolsa família uma forma de tirar as pessoas da miséria, o objetivo deste empréstimo é que o beneficiário do bolsa família receba este dinheiro e possa abrir o próprio negócio, muitas pessoas conseguiram este dinheiro e aumentaram a sua produção nas tarefas que antes eram apenas um trabalho pra ganhar um dinheiro extra.
Muitas pessoas que recebem o bolsa família e conseguiram solicitar um empréstimo para quem tem bolsa família, usaram este dinheiro para aumentar a produção de artesanatos, abrir o seu salão de cabeleireira, manicures, abriram bares, mercados, mercearias, outras preferiram vender produtos na rua como vendedoras de cachorro quente ou pastel, enfim usaram o dinheiro do empréstimo para abrir ou expandir um negócio próprio e assim não precisam mais do bolsa família, estão agora pagando as parcelas do empréstimo com o dinheiro do próprio negócio.


Como funciona o Empréstimo Bolsa Família. 

Quem recebe o bolsa família tem a vida dura e Senado aprovou uma determinação para que os bancos disponibilizem um empréstimo para quem recebe o bolsa família, esta determinação já existe desde 2011, mas não é muito divulgada, com este crédito quem tem o cartão bolsa família e recebe a ajuda do governo todo o mês pode receber um empréstimo de R$ 300,00 até R$ 15.000,00, é um crédito que precisa de um avalista mas não é difícil de conseguir e é um empréstimo rápido e sem burocracia. é um empréstimo com juros baixos se comparado com um empréstimo pessoal, as taxas de juros são de 8% por ano, mais uma taxa que o banco cobra.





Como desbloquear o Bolsa Família.

Conseguir um empréstimo para quem tem Bolsa família. 

Quem procura pelo empréstimo para quem tem o cartão bolsa família, precisa saber que é uma forma de crédito fácil e que precisa apenas seguir os passos descritos abaixo. 


1 - Acessar o Programa Crescer. 

O programa Crescer é um programa do Governo que dispõe um empréstimo para pequenas empresas, e a intenção do governo oferecendo este empréstimo para quem tem o benefício do bolsa família é que estas famílias consigam se sustentar com o próprio negócio e não precisar mais do bolsa família para poder sustentar as suas famílias. O programa Crescer oferece um crédito de até R$ 15.000,00 para que o microempresário possa abrir a sua empresa ou aumentar os seus lucros com este investimento.


Lista Bancos que tem o Programa Crescer: 

  • Banco Da Amazônia; 
  • Banco do Brasil; 
  • Caixa Econômica Federal; 
  • Banco do Nordeste. 


Ter um MEI. 

Para conseguir o empréstimo é aconselhável abrir uma microempresa, não é difícil e também não é muito caro, com um MEI o portador do cartão do bolsa família pode pedir o empréstimo pela empresa o que torna o empréstimo mais fácil e pode também aumentar o valor do empréstimo. 

Para aprender a criar um MEI Clique no Link abaixo:

Como Criar um MEI, Microempreendedor Individual.

EMPRÉSTIMO NA CAIXA ECONÔMICA. 

Quem quer fazer um empréstimo na Caixa econômica pelo bolsa família, tem que se cadastrar no programa crescer do SEBRAE, neste programa a pessoa vai receber a orientação de como conseguir o empréstimo e de como montar a sua empresa. 

Programa Caixa Crescer. 

Com o programa crescer a pessoa consegue fazer um empréstimo na Caixa Econômica pelo Bolsa Família, o Caixa Crescer é a plataforma que oferece este empréstimo e que ajuda a pessoa que recebe o bolsa família a criar uma empresa, além do dinheiro a pessoa vai receber uma atenção administrativa, com dicas de como levar o seu negócio, como controlar as despesas e ainda disponibiliza ferramentas de trabalho como máquinas de cartão de crédito para que a pessoa possa receber o dinheiro com cartões de crédito 


Mulher segurando cartão Bolsa Família


Cadastro no Programa Caixa Crescer.


1 -Vá até a página do Caixa Crescer:


http://www.caixacrescer.com.br/Produtos/EuQuero

2 - Preencha o formulário de inscrição.


Formulário de cadastro programa Caixa Crescer


3 - Selecione a opção MICROCRÉDITO GCO.

4 - Aguarde o contado do agente de crédito, ele vai avaliar o seu trabalho, mesmo que informal, você pode trabalhar fazendo unhas ou vendendo salgados na rua, não importa o avalista vai até você e vai ver qual é o valor que você pode pegar.


EMPRÉSTIMO NO BANCO DO NORDESTE 

Quem recebe o bolsa família pode conseguir um empréstimo no banco do Nordeste através do: 


CrediAmigo do Banco do Nordeste. 

O CrediAmigo é o programa do banco do Nordeste que oferece este crédito para quem recebe o bolsa família a documentação para solicitar o empréstimo com o bolsa família são poucos, você precisa levar apenas o RG, CPF e um comprovante de residência. O Banco do Nordeste oferece junto com o empréstimo uma assessoria para o beneficiário do bolsa familiar poder ter sucesso com a sua nova empresa, dicas como como comprar mercadorias, pagar fornecedores e como organizar as contas da empresa. 


AgroAmigo do Banco do Nordeste. 

Para quem mora em zona rural e recebe o bolsa família pode receber um empréstimo de até R$ 15.000,00 para poder investir na agricultura, investir na lavoura e poder aumentar a produção e aumentar a renda familiar, o Agroamigo é um dos maiores programas de investimento no microagricultor, é um microcrédito para o trabalhador rural que recebe o bolsa família. o crédito é oferecida de forma gradual e os valores dos empréstimos podem ir aumentando gradativamente. 




EMPRÉSTIMO NO BANCO DA AMAZÔNIA. 

Para quem tem o bolsa família e precisa de crédito o banco da Amazônia oferece um empréstimo pelo programa a Florescer Urbano Microcrédito Produtivo Orientado. 


Programa Florecer Urbano. 

O programa Florescer Urbano funciona concedendo crédito desde 2005 mas a partir de 2011 quem recebe bolsa família também pode solicitar um empréstimo, neste caso um avalista de microcrédito vai até o cliente que precisa do empréstimo e faz uma avaliação do trabalho da pessoa e leva até o banco as informações do solicitante do empréstimo, depois de aprovado o dinheiro é depositado na conta do cliente e o avalista faz visitas frequentes para orientar o uso do dinheiro na empresa.