Como Financiar uma Moto Honda.

Ter uma moto é muito mais do que adquirir um veículo, com ela, você pode se locomover muito mais rápido e com facilidade, dificilmente vai ficar preso no trânsito, pode estacionar em muitos lugares, uma moto tem o custo de manutenção bem menor do que um carro, paga menos IPVA e é muito mais fácil de manter quando comparado a um carro, mas e quando não temos o dinheiro para comprar uma moro usada ou uma nova, ai o jeito é financiar uma moto. Se você quiser saber como financiar uma moto Honda você vai ter muitas dicas e vai saber como conseguir uma boa forma de financiamento. 

Como Financiar uma Moto Honda.


A Honda é uma das maiores montadoras de motos do mundo, está no Brasil há um bom tempo e é a moto mais lembrada na cabeça do brasileiro, motos mais populares como a CG 125, a Honda BIZ, Titan e a Honda Fan são as mais vendidas para o público no Brasil, mas o sonho de muitos é ter uma XRE, 300, Twister ou a potente CBR, não importa a maioria das motos nas ruas são da Honda e para fazer um financiamento de qualquer uma destas motos é fácil, basta seguir os passos abaixo.

1) Escolha o modelo da sua Moto.
  
É muito mais fácil e rápido visitar o site da Honda e escolher a moto que será de mais utilidade para você, que cabe no seu bolso ou aquela em que você sonha, não tem problema, mas é muito importante já saber qual moto você vai querer financiar.

2) Separe a documentação.



Separe todos os documentos necessários para você fazer o financiamento da moto, não perca tempo e já prepare o terreno para conseguir a sua moto o quanto antes. Veja os documentos necessários:
  • RG - Ou outro documento oficial com foto: CNH, carteirinha da OAB ..

  • CPF.

  • Comprovante de renda - Holerite, contracheque, comprovante de aposentadoria, extrato de transações bancárias, tudo o que você puder usar como comprovante de renda.

  • Comprovante de endereço - Conta de luz, água, telefone, boleto de cartão de crédito ...



3) Vá até uma agência da Honda.


Dê preferência a concessionárias oficiais e conceituadas, você pode evitar muitas dores de cabeça se ir direto em uma concessionária autorizada da Honda, chegando lá converse com o vendedor sobre a moto que você quer comprar e lhe pergunte sobre o financiamento Honda.



4) Faça a simulação de financiamento

Caso você tenha uma entrada as parcelas vão diminuir o seu valor, mas o número de parcelas podem ser os mesmos, você pode escolher entre 4 opções de parcelamento de financiamento da moto Honda, você pode escolher o número de parcelas:


  • 12 parcelas;
  • 24 parcelas
  • 36 Parcelas;
  • 48 Parcelas.



As parcelas já vem acrescidas das taxas e dos juros do financiamento então você pode deixar que estas parcelas sejam fixas. Você só vai conseguir financiar a moto em parcelas que não ultrapassem em 30% da renda que você conseguiu comprovar com a entrega de documentos, então fique atento a isso, se você conseguir dar uma boa entrada o valor da parcela pode ficar bem inferior aos 30 %, mas depende do valor da entrada do financiamento.

É bom saber que cada banco ou financeira vai cobrar taxas e juros diferentes, então é bom você tirar o dia para simular o financiamento da moto em vários bancos e instituições financeiras.






Moto custon honda






Existem dois tipos de Financiamentos de Moto.



Na prática eles são muito parecidos, o que detalhei logo acima foi a modalidade de financiamento CDC, onde o comprador vai ao banco o banco paga o valor da moto e o vendedor recebe o valor total da moto, o comprador deixa de ter uma dívida com o vendedor da moro e passa a ter uma dívida com o banco.

Já a outra modalidade de financiamento para compra de motos é o Leasing, na prática o banco compra a moto, o proprietário da moto é o banco, consta até no documento da moto o nome do banco, se o comprador não pagar o financiamento o banco pode abrir um pedido de busca e apreensão, esta modalidade pode ter um pequeno desconto e ser relativamente mais barata do que o financiamento via CDC.

Como Funciona um Financiamento de Moto.


Como estamos falando de um financiamento de moto, já sabemos que a pessoa não tem dinheiro para comprar a moto à vista e não tem o interesse de fazer um consórcio para receber a moto sobe lá quando, sabemos que o comprador quer a moto o quanto antes, mas como o vendedor recebe o pagamento da moto? Funciona mais ou menos assim, depois de escolher a moto o vendedor orienta ao comprador procurar um financiamento de moto em algum banco ou na própria montadora, poderia ser qualquer banco, mas normalmente o vendedor já indica um banco que tem taxas menores ou que fique mais próximo da agência, chegando no banco você pega um empréstimo em dinheiro que cobre o valor total da moto, na prática você não deve nada para o vendedor da moto, mas cria uma dívida com o banco, depois você terá que pagar algumas mensalidades com um valor fixo já com algumas taxas e juros embutido, enquanto não terminar a moto ainda é do banco e esta informação consta no documento da moto.

Quem tem nome sujo pode Financiar Moro?


Depende, se você precisa de uma moto, mas está com o nome sujo, com o CPF restrito e cadastrado no SERASA, SPC, SCPC, fica quase impossível fazer um financiamento de moto com o nome sujo, mas não é impossível, o ideal é que você renegocie a sua dívida, pague a primeira parcela, após o pagamento da primeira parcela o seu nome deve ser retirado dos cadastros de proteção de crédito dentro de cinco dias, após ficar com o seu nome limpo novamente, vá até o banco e tente fazer o financiamento da sua moto.

Como reduzir o valor das parcelas do Financiamento da Moto.




Bom, existe algumas dicas para pagar parcelas menores, mas todas têm um certo custo, que pode ou não valer a pena, existe a possibilidade de pagar uma entrada no ato da aquisição do financiamento, como você vai dar parte do valor da moto, vai precisar financiar somente a parte restante, isso vai diminuir o valor total do financiamento e pode tornar menor o valor da parcela de cada boleto. Outra alternativa é aumentar o número de parcelas da moto, você pode pagar um valor menor na parcela do financiamento da moto, mas vai estar aumentando o valor total a ser pago, cada uma destas alternativas podem ou não melhorar as chances de pagar a sua moto.



O que acontece se eu deixar de pagar o financiamento da moto?


Caso você não consiga pagar o financiamento da moto converse com amigos e familiares veja se consegue alguma forma de pagar a parcela, mas se realmente não puder pagar, o banco pode pedir que você devolva a moto e abrir um pedido de busca e apreensão da moto. Em 2014 uma lei federal foi aprovada a Lei Federal número 13.043, esta lei facilita e agiliza o processo de devolução da moto, carro ou outro auto, seja retomado pelo banco, a partir daí se você deixar de pagar 3 meses o seu financiamento o banco já pode tomar o seu veículo. A partir deste 3° mês o veículo fica alienado e caso você seja parado em uma blitz é quase certeza que você irá perder a sua moto e o dinheiro que já pagou por ela.

O que fazer se atrasar as parcelas.


A sua moto pode ter um grande valor para você, você pode usá-la para trabalhar, mover-se através da cidade e facilitar a sua vida, mas uma moto que já saiu da loja já não tem tanto valor quanto uma nova e o banco não tem tanto interesse em tomar a sua moto, o que o banco quer realmente é ser paco, então não custa ligar para o banco e conversar com algum representante, converse, explique a sua situação e tente renegociar a sua dívida, é melhor do que deixar de pagar.