Passe livre para estudantes

Estudantes de São Paulo já tem direito ao passe livre de ônibus e trem, porém muitos ainda tem duvidas de como funciona e o que fazer para obter o direito ao passe livre.
O Passe livre dá direito a 2 viagens diárias em um período de tempo que corresponde a 24:00 horas, num total de 24 cotas para ônibus urbano e 24 cotas para trilho (trem e metro).
Antes de tudo é preciso estar ciente de que nem todos os estudantes tem direito a este beneficio

Quem tem direito:

Estudantes do ensino fundamental e médio de escolas publicas localizadas no município de São Paulo e também ensino técnico integrado ao ensino médio da rede publica. Desde que morem a pelo menos 1 quilometro da escola onde estudam, que haja uma linha de transporte coletivo entre a residência e a escola. Se já tiver algum beneficio de gratuidade em transporte coletivo como de deficiente, idoso ou vai e volta, não tem direito ao passe livre, mesmo que cumpra os requisito.

Estudantes de faculdades publicas localizadas no município de São Paulo, porém neste caso é preciso comprovar renda per capta em sua família inferior a 1 salário minimo e meio, também é necessário que more a mais de 1 quilometro da instituição de ensino em que estuda e que haja uma linha de transporte publico que ligue sua residência a instituição de ensino. Assim como no caso acima, se tiver beneficio de gratuidade para deficiente físico, idoso ou vai e volta, não tem direito a este beneficio.

Estudantes de universidades particulares que estão localizadas no município de São Paulo e que façam parte de programas de acesso ao ensino superior, como o PROUNI e FIES desde que morem a mais de 1 quilometro da instituição de ensino, haja uma linha de transporte publico ligando a residência ao estabelecimento de ensino e que não possua outro beneficio de gratuidade em transporte publico.



Estudantes de universidades privadas que tenham beneficio de cotas sociais, desde que comprovem renda per capta na família de até 1 salário minimo e meio, morem a mais de 1 quilometro da universidade, exista uma linha de transporte publico ligando a residencia a universidade e que não possua outro beneficio de gratuidade em transporte publico.

Estudantes de universidades particulares que façam parte do programa escola da família, desde que comprovem renda per capta na família de até 1 salario minimo e meio, more a mais de 1 quilometro da universidade em que estuda, exista uma linha de transporte publico ligando a residência a universidade e não possua outro beneficio de gratuidade em transporte publico. 

Quem não tem direito:

Estudantes do PRONATEC e de Cursos Técnicos, tanto de escolas publicas quanto de escolas particulares não tem direito ao passe livre.

Como começar a usar:

Para começar a usar as cotas do passe livre de estudantes é preciso ter o novo bilhete único (se você fez o seu em 2014 ou 2015 ele já é do novo modelo).
Com seu cartão novo em mãos acesse o
 http://estudante.sptrans.com.br/ 
e clique no botão solicitar/ revalidar o cartão como na imagem abaixo. ( caso não tenha é possivel solicitar no site : http://estudante.sptrans.com.br/ Desde que sua escola já tenha enviado seus dados para a SPTRANS) 

Digite seu RG, CPF ou o email cadastrado e a imagem que aparecer, você acessara sua conta na SPTRANS, depois disso você terá acesso a uma tela semelhante a esta


Clique no botão estudante e em seguida em declaração de baixa renda, caso seja um dos que tem direito sem necessidade de comprovação de renda a mensagem "você já possui direito a gratuidade" aparecera. neste caso basta pegar seu cartão e levar até uma das maquinas de recarga automática de vale transporte, geralmente presentes em terminais de ônibus e estações de metrô e CPTM, basta encostar ou colocar o cartão na maquina e aguardar o período necessário para a recargas, serão adicionadas cotas de estudante ao seu cartão e mesmo que tenha crédito em seu bilhete único, quando você passar na catraca serão utilizadas as cotas e não o crédito.
Cada cota permite 24 horas de viagens de trem/metrô ou ônibus, sendo cotas separadas para ônibus e trem. ou seja, se você precisa pegar mais de uma condução para chegar em sua escola, não precisara gastar mais do que uma cota para isso.
Após essa primeira recarga, basta realizar o procedimento novamente.
Se você é um dos que precisa comprovar renda, no botão de declaração de baixa renda aparecera um formulário que deve ser preenchido com suas informações sócio econômicas, após enviar este formulário, ele será analisado e você receberá a mensagem " você já possui direito a gratuidade" e basta realizar o mesmo procedimento descrito acima.