Como pedir exame de DNA

O exame de DNA ou investigação de paternidade é feito quando o pai de uma criança se nega a pagar pensão alimentícia por ter duvidas ou não reconhecer o filho como seu e também quando existe uma duvida verdadeira quanto filiação da criança. também é feita quando alguém já adulto quer comprovar de quem é filho.
É necessário abrir um processo judicial para pedir a investigação de paternidade, quando de um menor, a mãe ou responsável legal deve contratar um advogado ou se não tiver condição um defensor publico para lhe representar nesse processo.
 Quando o requerente já tem mais de 18 anos, ele mesmo pode dar entrada no processo mas precisa ser representado por um advogado.
Caso precise da defensoria publica, o pai é convidado a assumir espontaneamente o filho, não sendo possível acordo então é dada entrada no pedido e investigação de paternidade.
O suposto pai pode se negar a fazer teste de paternidade, mas a justiça interpreta isso como presunção relativa , ou seja, como não é possível comprovar a paternidade é preciso reunir provas de que houve um relacionamento entre as partes envolvidas por meio de testemunhas, fotos, bilhetes escritos  ou qualquer outra evidencia que sustente a informação.
Sugiro que leia;

Como conseguir um advogado de graça

Como pedir pensão alimentícia.



Quando é o suposto pai que tem duvidas é a mesma coisa, se a mãe recusar o exames de dna dá motivos para a justiça acreditar que realmente o filho não é do suposto pai.
quando é determinado judicialmente a investigação de paternidade o valor dos exames é dividido entre as partes envolvidas cabendo a parte que perder o processo reembolsar a outra na maior parte dos casos.
Depois de feito o exame, a espera e de 45 dias em media após o exame ser pedido e imediatamente após o resultado o filho passa a ter o direito de ter o nome do pai em sua certidão de nascimento e a usar o sobrenome do mesmo, mesmo que este não queira.