O que fazer com dividas antigas

Dividas com mais de cinco anos.
O credor tem cinco anos para cobrar a divida, passando esse prazo a divida deve ser excluída dos cadastros imediatamente.
Mas cuidado, algumas empresas reapresentam a divida alegando que houve um acordo da parte do consumidor ou vendem a divida a outra empresa que reapresentam a divida, nesses casos se não houver apresentação do documento assinado de renegociação, a  cobrança é indevida e cabe ação judicial pedindo uma liminar exigindo a exclusão dos cadastros e indenização por danos morais.

Dividas antigas não pagas podem impedir financiamentos futuros?
Depende. passado o prazo de 5 anos, o credor perde o direito de cobrar a divida, desde que nesse período não tenha entrado com uma ação judicial para recebimento  da mesma. Caso esse seja o caso, você deve ser notificado. Mesmo que não tenha recebido nenhuma notificação judicial, é importante verificar se não corre nenhuma ação contra você antes de tentar um financiamento.
Caso não exista registro de ação judicial as dividas antigas não interferem em financiamentos  já que deixaram de existir.

Ameaça dos credores.


Caso corra processo judicial, alguns credores apelam a ameaças ao consumidor, como penhora dos bens do mesmo para saudar a divida. Não se desespere, não podem tomar a casa onde sua família reside, nem moveis ou eletrodomésticos, nem bens pessoais(roupas ou acessórios) a menos que sejam de valor muito alto. Caso tenha recebido uma notificação sobre penhora de bens é bom procurar um advogado.


Veja como  Consultar nome no SERASA.